segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Reflexão Tema1

O meu trabalho nesta unidade curricular e nomeadamente a atividade 1 ficou condicionada pelo fato de não estar inscrita tendo -me confrontado com atividades em curso quando me foi possível aceder à UC. Nesta fase inicial vi-me, assim, confrontada com a necessidade rápida de realizar a leitura de um estudo de investigação possuindo pouco tempo para o fazer face à proximidade do trabalho de grupo. Deste modo, a leitura do estudo foi talvez a fase mais difícil no decurso desta atividade considerando-o muito extenso em termos de algumas abordagens, mas bem explanado e com uma importante relevância dos aspetos abordados na atividade 1.

A participação em grupo na discussão da temática, na elaboração da WIKI e na concretização do fluxograma foi para mim a experiência mais gratificante uma vez que me permitiu aprofundar o tema, pela discussão, pelo confronto de ideias e pela reanálise dos vários aspetos apresentados. O trabalho deste grupo desenvolveu-se através do skype, do trabalho que foi sendo disponibilizado individualmente e pelas trocas de informação por e-mail.

Em termos gerais desenvolvi um trabalho muito regular, desenvolvendo a parte individual pesquisando recursos, aprofundando a temática disponibilizando a informação no meu blogue, fazendo a leitura da bibliografia e do estudo disponibilizado na unidade curricular. Em termos do grupo, desenvolvi e participei nas discussões que foram surgindo e pelo contributo que dei ao levantar algumas questões do fluxograma que poderiam suscitar dúvidas para quem não estava dentro do trabalho do grupo Infiore. Em termos de fóruns procurei pronunciar-me sobre as várias questões levantadas pelo professor e pelos colegas.

Apesar de tudo considerei a temática muito interessante e importante para quem se prepara para iniciar brevemente uma investigação -, os paradigmas com que se baseiam os vários estudos, quais as diferenças entre a investigação quantitativa e qualitativa, como começar uma investigação, com desenvolver um bom problema de investigação, compreender as fases da realização de uma investigação são exemplos de aspetos relevantes para um investigador - ; a organização das várias etapas da atividade foram bem concebidas e com objetivos muito claros.

Lisete Lapa

Sem comentários:

Enviar um comentário