quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Atividade de entrevista de investigação


No âmbito da unidade curricular de Metodologias de Investigação em Educação foi proposto a realização individual de uma entrevista semi-estruturada a partir de um guião elaborado em grupo e apresentado à unidade curricular para discussão. O objetivo da atividade foi recolher informações junto de professores do ensino básico e/ou secundário com base em três questões de investigação:
  1. O que pensam esses professores sobre as redes sociais a exemplo do Facebook, Myspace, Twitter, etc?
  2. Como é que veem a sua (hipotética/real) participação numa rede social?
  3. Que expectativas têm sobre o seu uso no ensino?
A entrevista é uma técnica de recolha de dados que exige um planeamento e uma preparação cuidada devendo o entrevistador considerar alguns aspetos antes e durante a entrevista. Ao ter sido proposto uma entrevista semi-estruturada concedeu-me algumas vantagens, pois a entrevista assentou num guião de orientação permitindo-me gerir a entrevista de forma flexível, aprofundando ou redefinindo questões que surjam no decurso da entrevista, e dessa forma, aprofundar alguns aspetos muito úteis à atividade.

Preparação da entrevista

A. Estrutura da entrevista

A preparação desta entrevista começou pela releitura de bibliografia especifica e pela análise do guião elaborado em grupo. Esta análise da documentação visou encontrar informação de orientação à realização da entrevista e para identificar aspetos que a poderia colocar em causa.
O guião foi disponibilizado antecipadamente ao entrevistado com o objetivo de aligeirar as relações, e dessa forma, estabelecer um elo de confiança entre os entrevistador-entrevistado. Para além isso, possibilitou-me num contexto de preparação da entrevista avaliar os aspetos que poderiam criar situações desviantes à entrevista; eventuais necessidades de reformular questões ou da ordem das mesmas.
A entrevista foi preparada para ser realizada em contexto presencial, num período máximo de trinta minutos e considerando as seguintes dimensões:
  1.  Perfil do entrevistado - Pessoal e profissional
  2. Identificação das competências TIC
  3. Avaliação crítica das redes sociais
  4. Participação/Expetativas de utilização da rede social no contexto educativo.

B. Selecção e identificação do entrevistado

Para a realização desta entrevista convidei alguns professores de diferentes áreas que lecionam em escolas do concelho onde sou docente e de acordo com o perfil proposto; isto é, professores do ensino básico/secundário. Destes convites obtive da parte de todos um feedback muito positivo para participarem no estudo pois tratam-se de docentes que possuem algumas afinidades com as redes sociais e com as tecnologias da informação e da comunicação. Decidi selecionar uma professora do ensino básico e secundário possuidora de um excelente currículo na área das tecnologias da informação e da comunicação, sendo reconhecida pelo comunidade escolar onde trabalha como alguém muito disponível a novos desafios e onde as redes sociais fazem parte da prática do seu trabalho. Desse modo, agendei com a mesma uma data e hora para a realização da entrevista tendo a mesma se disponibilizado a realizar a entrevista na escola onde lecciona. 


Assim, a professora seleccionada possui o seguinte perfil:
Idade: 32 anos
Habilitações Literárias: Licenciatura em Tecnologias da Comunicação, pós-graduação Tecnologias da Informação e da Comunicação.
Grupo de Recrutamento: 550 (Informática)
Nível de ensino que leciona: 3º ciclo e ensino secundário
Situação profissional: Professora de Nomeação definitiva
Anos de serviço docente: 7 anos

C. Cuidados durante a entrevista:

A entrevista realizou-se na modalidade presencial, no entanto, foi dado a conhecer antecipadamente o guião de orientação da entrevista, o formato da entrevista – semi-estruturada e presencial - assim como, as questões que estiveram na base da investigação. Para além disso, foi transmitida que a referida entrevista se iria realizar respeitando a confidencialidade dos dados. Até à concretização da entrevista foram estabelecidos alguns contatos presenciais e por e-mail de preparação da entrevista e de esclarecimento de dúvidas.


D. Entrevista realizada





View more documents from Maria Lapa.



E. Conclusões

Sem comentários:

Enviar um comentário