sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Entrevistas


Entrevistas - Actividade 4


Fase 4: a 18 de Dezembro de 2011
  • Pesquisa individual (ou em equipa) sobre a utilização de entrevistas e sobre as técnicas de entrevista.
  • Reflectir sobre as seguintes questões: Como caracterizar as entrevistas quanto ao número de sujeitos inquiridos? Como se podem diferenciar as entrevistas relativamente aos temas em análise? Como diferenciar entrevistas quanto à estruturação? Como construir um guião para uma entrevista? 


Reflexão sobre as questões propostas na unidade curricular:


1. Como caracterizar as entrevistas quanto ao número de sujeitos inquiridos?

    • Individual - Quando se pretende recolher informações sobre o entrevistado. Não requer obrigatoriamente uma estrutura rígida.
    • Grupo – Quando se pretende recolher informação de vários participantes e características comuns.

      2. Como se podem diferenciar as entrevistas relativamente aos temas em análise?

      • Directiva O guião é apresentado de forma rígida e as perguntas serão dispostas de forma lógica.
      • Semi-directiva - o entrevistador conhece os temas sobre os quais tem que recolher informação, mas a ordem e a forma de questionar é livre.
      • Não directiva - convida-se o entrevistado a organizar o seu discurso a partir de um tema proposto e o entrevistador só intervém para encorajar.

        3.  Como diferenciar entrevistas quanto à estruturação?
         
        a.    Não estruturada

        Neste tipos de entrevista o entrevistado é convidado a apresentar o seu discurso a partir de um tema proposto apresentando-se o entrevistador como o papel de orientador intervindo para promover e encorajar o entrevistado a participar. O guião da entrevista apresenta apenas os objectivos e as linhas orientadoras desenvolvendo-se a conversa num contexto de fluidez.

         

        b.    Semi-estruturada

        É realizada a partir de um guião previamente elaborado, no entanto, este apresenta-se num contexto de orientação para a realização da entrevista. Consiste numa entrevista em que as perguntas assentam numa combinação de perguntas fechadas e abertas não se apresentando as mesmas por uma ordem rígida e com grande flexibilidade de adaptação ao entrevistado.






        c.    Estruturada

        É realizada com base num guião rígido onde está definido antecipadamente os objectivos e as questões a serem formuladas, para além disso, as questões respeitam um sentido lógico pré-definido. Esta entrevista requer do entrevistador uma papel fundamental uma vez que depende das suas capacidades a realização com sucesso do guião.



          Principais etapas da elaboração de um guião de entrevista:


           


          Etapas na elaboração do guião de entrevista (discriminado)

          1.      Descrição do perfil do entrevistado (nível etário, escolaridade, nível socio-cultural, personalidade,...);


          2.      Selecção da população e da amostra de indivíduos a entrevistar;


          3.      Definição da temática e dos objectivos da entrevista (tema, objectivos e dimensões);


          4.      Definição do:
                     a. Meio de comunicação (oral, escrito, telefone, e-mail, online, etc):
                     b. Espaço (sala, jardim, …)
                     c. Momento (manhã, tarde, duração, …);


          5.      Discriminação dos itens ou características para o guião;
                     a. Elaborar perguntas dos itens, de acordo com o definido nos pontos anteriores;
                     b. Considerar as expectativas do entrevistador;
                     c. Considerar as possíveis expectativas dos leitores/ouvintes;
                     d. Formular perguntas abertas  e fechadas;
                     e. Evitar influenciar as respostas;
                     f. Apontar alternativas para eventuais fugas à pergunta;
                     g. Estabelecer o número de perguntas e proceder à sua ordenação, dentro de cada dimensão;
                     h. Adequar as perguntas ao entrevistado, seleccionando um vocabulário claro, acessível e rigoroso (sintaxe e semântica);


          6.      Produção do guião com boa apresentação gráfica; 
                      a.  Redigir o cabeçalho com identificação (instituição, proponentes, título, data)
                      b. Definir de uma forma sucinta uma apresentação da entrevista e dos seus objectivos;
                      c.  Formatação das fo guião de acordo com as normas  -  de forma simples e legível.

          7.      Validação da entrevista pela análise e crítica de personalidades relevantes.


          Referências Bibliográficas:

            Sem comentários:

            Enviar um comentário